03:17

+ ferroviário / notícias

Projeto da Ferrovia Vitória-Rio de janeiro



publicado em: 09/12/2011

O governador Renato Casagrande acredita que o Espírito Santo poderá atrair novos investimentos com uma ferrovia ligando o Estado ao Rio de Janeiro.


O Espírito Santo vai entrar nas discussões sobre a implantação da malha ferroviária nacional de bitola larga, segundo afirmou o diretor geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) Bernardo Figueiredo, durante encontro no gabinete do governador Renato Casagrande, nesta quinta-feira (8/12), que contou ainda com a participação de representantes de setores empresariais, da exportação, portos, logística, de prefeitos e secretários de Estado.

"Avançamos muito na proposta da concessão da BR 101 com a contribuição do setor empresarial e do Governo do Espírito Santo e acredito que podemos fazer o mesmo trabalho integrado no caso da ferrovia. Em janeiro de 2012 podemos fazer a primeira reunião de trabalho para a construção de um projeto", destacou Figueiredo.

O governador Casagrande afirmou que o Espírito Santo poderá atrair novos investimentos com uma ferrovia ligando o Estado ao Rio de Janeiro. "Vamos fazer um trabalho preventivo para não ficarmos isolados, sem ferrovia, na implantação da malha nacional de bitola larga. Este encontro com Figueiredo foi importante para lançar luz sobre a possibilidade de inclusão do Estado nos debates nacionais sobre o tema", disse.

Casagrande também afirmou que o Espírito Santo ainda necessita de outros investimentos da União para manter a organização econômica e capacidade de crescimento econômico. "Vamos continuar lutando para garantir a chegada de investimentos estruturantes por parte do Goveno Federal, como no caso das nossas rodovias, do porto e aeroporto, além de buscar novas fronteiras portuárias para o Espírito Santo", afirmou.

O secretário de Transportes e Obras Fábio Damasceno destacou que a inclusão do Estado na malha ferroviária nacional "vai ajudar o Espírito Santo a quebrar barreiras em infraestrutura e dar fôlego para se transformar num Estado mais desenvolvido". O diretor da ANTT encerrou a reunião afirmando que deixa o Estado empolgado com o debate sobre a ferrovia e com a nova agenda de trabalho proposta.

Fonte: Ascom Governo do Estado do Espírito Santo


Ver todas as notícias

Comentar sobre esta notícia
Nome:
Comentário:


redes sociais
facebook
twitter
youtube
flickr
fale com a revista
fale conosco


© 2003 - 2014. Revista Negócios em Transporte. Marca registrada da Tudo em Transporte Editora Ltda. Todos os direitos reservados.